Globo veta comercial gigante em telejornal

TV Globo comunicou ao mercado publicitário na semana passada que deixou de veicular comerciais com mais de um minuto de duração nos intervalos de todos os seus telejornais e do “Globo Esporte”.

A medida visa impedir a queda de audiência nos breaks. Alguns telejornais, como o “JN”, passam por seus piores momentos no Ibope. Os intervalos dos jornalísticos estão limitados a dois minutos de duração.

“A qualidade do break também é importante. Não exibimos infomerciais [anúncios com mais de dois minutos]. Temos compromisso com o telespectador e com o anunciante de que o break seja informativo”, afirma Willy Haas, diretor-geral de comercialização.

Haas diz que os intervalos dos telejornais duram só dois minutos por causa “da dinâmica” desses programas: “Eles são mais curtos, então temos que valorizar.” Um anúncio de 30 segundos para todo o país no “JN” custa R$ 367 mil. Na novela das oito, que tem mais audiência, sai por R$ 365 mil.

Nos demais programas, a Globo só aceitará anúncios com mais de um minuto depois de analisar a peça. A regra visa evitar programetes e balanços de prefeituras, por exemplo.

Outra nova regra exige que um comercial que faça chamada para outro (como a nova campanha da Sky) deixe claro que a exibição ocorrerá no “intervalo comercial” de determinado programa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s