“A Record valoriza os atores”, diz Marcela Barrozo

Imagem
Marcela Barrozo vive mais uma personagem de personalidade forte em sua carreira. Mas, dessa vez, a atriz que sempre fez tramas na Globo, desde a compenetrada Madonna em Sabor da Paixão, em 2002, agora se adapta com outra emissora.

A mudança para a Record aconteceu pela oportunidade de trabalho e também pela possibilidade de um contrato longo, já que, anteriormente, só teve contrato por obra. “Na Globo, você acaba sendo mais um porque eles têm muitas opções. A Record valoriza os atores”, opina.

A atriz interpretará a recalcada Ludmila no remake Bela, A Feia, uma adolescente rebelde que faz de tudo para separar seu irmão, o “bad boy” Max, de Sergio Hondjakoff, da patricinha Juliana, de Pérola Faria. “Me inspirei nas meninas de hoje em dia, que são muito mais rebeldes do que na minha época”, analisa, com toda a “maturidade” de seus 17 anos.

O folhetim marca a primeira parceria da Record com a mexicana Televisa, dona dos direitos autorais da trama intitulada Yo Soy Betty, La Fea. A versão original chegou a ser transmitida no Brasil em 2002 pela Rede TV! e, devido ao grande sucesso, foi reprisada em 2004 pela mesma emissora.

Além disso, também ganhou uma roupagem americana, com a série Ugly Betty, que é exibida pelo SBT. Marcela chegou a assistir às duas versões, mas acredita que o folhetim vai ser mais parecido com a adaptação americana. “Eles estão explorando muito o humor de situação, assim como no seriado. Acredito que esse lado cômico vai acabar trazendo novidades, apesar da história já ser batida”, acredita, mostrando satisfação por fazer parte do núcleo cômico do folhetim.

Satisfação essa que Marcela também demonstra ao falar de seu último trabalho na Globo, a Ramona de Duas Caras. Em meio a um clima de comédia, sua personagem era uma “nerd” que acabou se apaixonando por um universitário de personalidade oposta a sua, o Rudolf , de Diogo Almeida.

“Eu estava nervosa, já que foi o primeiro trabalho que tive de dar um beijo. Mas, na hora, são tantas outras preocupações, que acabou sendo tranqüilo”, confessa, deixando transparecer as inseguranças da adolescência.

Duas Caras marcou a segunda vez em que Marcela trabalha com o autor Aguinaldo Silva, união que parece ter dado certo. “Na profissão, ele é o meu anjo. Sempre me deu espaço e papéis onde eu a tinha possibilidade de crescer”, anima-se.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s